Geral

OPERAÇÃO LÁBARO

PRF apreende arma, droga e moto em ações no RN

Apreensões aconteceram em Caicó, Mossoró e São Gonçalo do Amarante

Por Redação

6 de abril de 2019 | 11:54

A noite de sexta-feira (5) foi de operações da Polícia Rodoviária Federal em diversas rodovias do Rio Grande do Norte. As ações da Operação Lábaro resultaram nas apreensões de arma e droga, além da recuperação de uma motocicleta.

A droga foi apreendida em Caicó, no km 98 da BR-427, por volta das 18h. Segundo a PRF, uma equipe abordou o condutor de uma motocicleta. Na fiscalização, o homem se demonstrou nervoso e entrou em contradição durante conversa com os policiais.

Droga foi apreendida em Caicó (Foto: Divulgação/PRF)

Após busca na mochila, a PRF encontrou dois tabletes de maconha, que somaram mais de dois quilos da droga. O homem confessou que tinha saído de Jardim de Piranhas com a droga. Ele foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Caicó.

Já a arma foi apreendida no Km 29 da BR-304, em Mossoró, às 22h30. O revólver calibre 38, com duas munições intactas, estava com um homem de 29 anos. A arma estava sob o banco do motorista. O preso disse que não possuía autorização de porte.

Em São Gonçalo do Amarante, no km 181 da BR-101 Norte, a PRF recuperou um ciclomotor que estava sendo conduzido por um homem sem habilitação e com nota fiscal.

No detalhamento da fiscalização, os policiais identificaram que o veículo tinha queixa de roubo/furto. O condutor foi preso e encaminhado à Delegacia de Plantão da zona Norte de Natal.

RECOMENDAMOS

Chuvas no RN

Operação conjunta socorre população

LOTERIA

Mega-Sena acumula; próximo sorteio será de R$90 milhões

TORÓ

Ponte desaba, carro é arrastado e cidade fica 'isolada'

OBRA DE R$4,1 MILHÕES

Sabe como está reforma do Forte dos Reis Magos? Parada

ROLÉ DIFERENCIADO

Bolsonaro 'escapa' de hotel para dar voltinha de moto

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Veja essas dicas e coma chocolate sem culpa na Páscoa

OPERAÇÃO PELA VIDA

PMs impedem suicídio na Ponte

AUTOMÓVEL

Carros brasileiros ficam mais seguros e mais caros

comentários