Geral

SEGURANÇA VIÁRIA

PRF fiscaliza transportes de passageiros e detém 39 motoristas irregulares

Condutores estavam exercendo a profissão de motorista ilegalmente

Por Redação

23 de maio de 2019 | 06:43

Foto: Divulgação/PRF

Durante a quarta-feira (22), a Polícia Rodoviária Federal realizou comando de fiscalização à transporte coletivo de passageiros, na BR 226, em Santa Cruz/RN. O objetivo principal da ação foi garantir a segurança viária nesse tipo de transporte, prevenindo acidentes e a repressão aos ilícitos criminais, durante a festa de Santa Rita de Cassia.

Foram fiscalizados todos os tipos de transportes coletivos, ônibus, micro-ônibus, veículos de aluguel, particular e oficial, além das linhas e fretamentos, como também o escolar. O resultado da operação mostrou um total de 51 veículos fiscalizados, sendo dois deles recolhidos ao pátio da conveniada, 53 pessoas fiscalizadas, sendo 14 dessas submetidas ao teste de etilômetro. Doze CRLVs foram recolhidos por alguma irregularidade a ser sanada no veículo e 127 autos de infração foram lavrados.

A ação ainda teve 39 pessoas detidas por estarem em exercício ilegal da profissão, crime previsto no art. 47 das Leis de Contravenções Penais, e foram submetidas a TCO, tendo que comparecer em juízo quando solicitado.

A operação contou com o apoio de cinco fiscais do DER, que foram fundamentais para a conclusão dos trabalhos. De acordo com o DER, o RN, em 2015, tinha 800 ônibus e microônibus cadastrados no transporte intermunicipal. Atualmente esse número reduziu para 200.

RECOMENDAMOS

DIA MUNDIAL DA LIMPEZA

Voluntários vão às ruas de Natal recolher 16 t de lixo

PARCEIROS

Bolsonaro participará de jantar com Trump nos EUA

ALERTA

Arboviroses: Sesap reforça orientação aos municípios

MAIS ORGANIZAÇÃO

Evento leva dicas de organização para shopping em Natal

ATUALIZAÇÃO

Governo atualiza cadastro e preocupa produtores rurais

MAIS VOOS

Azul Viagens anuncia um aumento de voos para Natal

DESESPERO

Yudi fica na mão de bandidos em assalto

SANÇÃO PRESIDENCIAL

Bolsonaro sanciona com vetos MP da Liberdade Econômica

comentários