Geral

MOBILIZAÇÃO

Professores da UFRN aprovam indicativo de greve

Movimento integra a agenda nacional das principais centrais sindicais

Por Redação

25 de abril de 2019 | 15:53

Em Assembleia, professores da UFRN define indicativo de greve. Divulgação Adurn

Os docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aprovaram indicativo de greve em assembleia realizada ontem (24), no auditório da Biblioteca Central Zila Mamede, campus central da UFRN. Eles dizem que o país vive um processo de desmonte do Estado Social, das políticas públicas educacionais e dos riscos de se desconstitucionalizar direitos, acabar com o sistema público e entregar a previdência social para o mercado.

A unanimidade dos professores presentes decidiram pela realização de um plebiscito para definir sobre a greve nacional unificada com data ainda a ser definida pelo fórum das Centrais Sindicais. Isso porque, pelo Estatuto da entidade, a decisão sobre a realização de greve só pode ser feita em plebiscito.

O movimento integra a agenda nacional da Frente Brasil Popular e das principais centrais sindicais e marcará um período de mobilizações e protestos contra a ideia, do governo de Jair Bolsonaro de que os direitos previstos na Constituição não cabem no orçamento e, portanto, precisam ser revistos. “A nossa responsabilidade neste momento não é pequena. Depende do nosso poder de mobilização a construção de um amplo movimento de resistência”, avalia o presidente do ADURN-Sindicato, Wellington Duarte.

RECOMENDAMOS

INCENTIVO FISCAL

Com redução de imposto, Natal ganhará novos voos

NOVOS MÉDICOS

'Mais Médicos' libera 36 novos profissionais para o RN

MAIOR CALDO

Gabriel Medina tenta subir na onda de Sasha

PROJETO

São Gonçalo: MTur libera verba para Centro de Eventos

'CELA DE CINEMA'

Por ter instalado cinema em cela Cabral sofre punição

LUCRO BILIONÁRIO

Caixa registra lucro líquido de R$ 3,92 bilhões

TV NO AR

Veja propostas de Lucia Jales para o Quinto

FÉRIAS DE JULHO

Natal aparece como 3º destino do país mais procurado

comentários