Economia

COMÉRCIO EXTERIOR

Projeto dará apoio a 1,7 mil empresas para negócios no exterior

Em 2 anos serão 40 ações de apoio de inserção no comércio internacional

Por Jonas Valente / Da Agência Brasil

14 de setembro de 2019 | 09:53

Foto: Apex/Brasil

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) fecharam parceria para oferecer auxílio a empresas com vistas a promover seus negócios no exterior. A ação pretende beneficiar mais de 1,7 mil firmas de todo o país.

Segundo a Apex, nos próximos dois anos serão promovidas 40 ações de apoio de inserção no comércio internacional, em frentes como a prospecção de mercados em outros países e rodadas com compradores estrangeiros para buscar ampliar a exportação das companhias selecionadas para o projeto.

Veja Também

Pelo menos oito ações devem ser realizadas ainda em 2019. Entre elas estão viagens a duas feiras internacionais na Alemanha, Anuga e K, e outra missão à feira CIEE, na China. Conforme os organizadores, até dezembro deverão ser organizados encontros com compradores internacionais em cidades brasileiras.

No total, deverão ser investidos R$ 13 milhões nas diversas fases da iniciativa. Como meta, os organizadores esperam que o conjunto de estratégias previstas para fomentar a internacionalização das firmas participantes gerem até R$ 350 milhões em novos negócios feitos com empresas estrangeiras.

De acordo com a Apex, desde 2013 mais de 4,5 mil empresas foram apoiadas por medidas semelhantes. Os projetos realizados resultaram em um volume de recursos de mais de US$ 2,5 bilhões (o equivalente a mais de R$ 10 bilhões).

RECOMENDAMOS

DESISTIU

Bolsonaro não vai mais indicar filho para Embaixada

CONFUSÃO INTERNA

'Guerra das listas' do PSL tem nomes repetidos

SALDO POSITIVO

RN cria 13.344 mil vagas de empregos em setembro

CRISE NO PSL

Delegado Waldir derrota Eduardo e continua líder do PSL

QUE LUTA!

Leonardo comemora 23 anos de casados com a esposa

CAGED

País criou mais de 157 mil empregos formais em setembro

É TRETA

Bolsonaro decide retirar Joice da liderança do governo

GESTÃO DO PETRÓLEO

Fiern convida ministro de Minas para Seminário

comentários