Geral

RIBEIRA, MINHA RIBEIRA

Projeto promove passeio histórico com análise arquitetônica de bairros de Natal

Atividade será neste sábado (4), às 8h, com saída na Praça André de Albuquerque

Por Redação

2 de maio de 2019 | 17:03

Foto: Wellington Rocha/Arquivo/Portal No Ar

Conhecer a narrativa da fundação da capital potiguar através da arquitetura. Essa é a proposta do passeio no Centro Histórico de Natal, promovido pelo curso de Arquitetura da Faculdade Estácio de Natal – unidade Zona Norte, através do projeto de extensão “Ribeira, Minha Ribeira”. A atividade acontece neste sábado (4), às 8h, com saída marcada na Praça André de Albuquerque. A participação é gratuita e aberta a toda comunidade.

A ideia do passeio é transcorrer em grupo o corredor cultural de Natal, dos bairros Cidade Alta e Ribeira, com início na Praça André de Albuquerque e finalizando na Praça Augusto Severo. Durante a caminhada serão realizadas análises das estruturas e o comparativo de fotos antigas em relação ao cenário atual. A inscrição pode ser feita através do LINK.

O projeto de Extensão “Ribeira, Minha Ribeira” está vinculado ao curso de Arquitetura e Urbanismo da Estácio Zona Norte e tem como objetivo promover a educação patrimonial e divulgação das histórias do bairro da Ribeira. No perfil do Instagram é possível acompanhar as ações do projeto.

Cidade Alta

O atual bairro da Cidade Alta (também chamado de “Centro”) foi o local onde a cidade do Natal nasceu, em 25 de Dezembro de 1599. No bairro, as igrejas ainda hoje existentes constituem o sítio histórico do Natal, dentre as quais se destacam a Igreja de Nossa Senhora da Apresentação, e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

Ribeira

A Ribeira – também chamada de “cidade baixa” em contraposição à Cidade Alta – é o segundo bairro de Natal. O local se tornou, ao longo do tempo, uma referência de história e cultura. No início, o bairro era um ponto intermediário entre a Fortaleza dos Reis Magos e o lugarejo chamado Natal. O Circuito Histórico, Turístico e Cultural da Ribeira compreende trinta atrações, entre eles o Teatro Alberto Maranhão, o Centro Cultural Casa da Ribeira e a Rua Chile.

RECOMENDAMOS

Tragédia

Vítima de acidente fatal era rainha de carnaval

TRAGÉDIA

Mulher morre em acidente no 'Prolongamento da Prudente'

EDUCAÇÃO

UERN abre processo seletivo para contratar professores

FUTEBOL

América empata e segue invicto na Série D

VIOLÊNCIA

Após briga de faca entre alunas, escola convoca reunião

GRANDE NATAL

Prefeito sanciona Lei do Plano de Cargos da Saúde

VIOLÊNCIA

Jovem é encontrado morto com mãos e pés amarrados

ALUNO POR UM DIA

Dorgival realiza sonho, e aula na UFRN termina em forró

comentários