Política

POLÍTICA

PT e MDB também vão responder por improbidade

Partidos dividiam com o PP o controle das três principais diretorias da Petrobras

Por Ricardo Brandt

13 de junho de 2018 | 11:50

Depois do PP, PT e MDB também deverão ser alvo de ações de improbidade administrativa movidas pela força-tarefa da Lava Jato em Curitiba. Os dois partidos dividiam com o PP o controle das três principais diretorias da Petrobras, por meio das quais, segundo o Ministério Público Federal, foram desviados mais de R$ 40 bilhões em propinas em 10 anos.

Na ação contra o PP e seus políticos, o MPF sustenta que a legenda, como pessoa jurídica, deve ser responsabilizada, “quer porque seus agentes receberam propina por meio de doações eleitorais simuladas, quer porque seus candidatos foram eleitos com financiamento irregular, quer porque a agremiação partidária recebeu recursos públicos via fundo partidário”.

Nesta ação, o MPF pede que o PP e os políticos sejam condenados a pagar R$ 2,3 bilhões.

O MPF não comenta ações ainda não apresentadas, mas segundo apurou a reportagem, o valor a ser cobrado do PT deverá ser ainda maior. Segundo os processos criminais, a Diretoria de Serviços, controlada pelo partido, arrecadaria propinas em contratos de todas as áreas – não se restringindo a negócios de sua área -, por ser responsável por fazer contratos e gerenciar obras.

Segundo os procuradores da Lava Jato, o PP (e os demais partidos que ainda serão alvo de processo) “seria beneficiário do pagamento de propina a seus candidatos por meio de doações eleitorais fictícias”.

Pela tese da acusação, “com mais dinheiro, o partido teria angariado mais cadeiras na Câmara – notadamente em virtude do sistema proporcional de votos -, assim como conquistado maior porcentual de recursos no Fundo Partidário”.

RECOMENDAMOS

ATRITO

Presidente precisa parar de falar que é contra reforma

ENTREVISTA

'O governo é um deserto de ideias', afirma Maia

PREVIDÊNCIA

Parlamento "fará sua parte" pela reforma, diz Marinho

EDUCAÇÃO

Governo convoca mais 380 professores para rede Estadual

ANFETAMINAS

PRF apreende carreta com excesso de peso

DECISÃO

AL promulga lei que garante 13º e férias para deputados

TRAGÉDIA

Chega a 417 número de mortes em Moçambique após ciclone

SEGUE DETIDO

Marcelo Bretas decide manter prisão de Michel Temer

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL