Geral

PREVENÇÃO

RN tem estoque suficiente de vacinas contra sarampo, garante Sesap

Média de consumo no estado é de 16 mil doses ao mês

Por Redação

5 de agosto de 2019 | 16:48

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O caso de sarampo registrado em Natal na última semana do mês de julho fez crescer o alerta para novas ocorrências da doença na cidade e em todo o estado. Contudo, as secretarias de Saúde do município e do Rio Grande do Norte afirmaram que o pânico não é necessário.

Mesmo assim, a busca pela prevenção por meio de vacina cresceu no estado. De acordo com a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi, o RN tem estoque suficiente para atender a demanda da população.

“Não há falta e a quantidade existente dá conta da demanda existente. A média de consumo no estado é de 16 mil doses ao mês, espalhadas pelos municípios”, disse ao portalnoar.com.br.

Ainda segundo a Sesap, não há campanha de vacinação contra a doença prevista. O que pode ocorrer é uma ação de multivacinação, realizada para atualização do cartão vacinal, que sempre é feita no segundo semestre.

“A vacina da tríplice viral faz parte do calendário nacional, sempre tem campanha de multivacinação que é para atualização do cartão, que acontece sempre no segundo semestre. Então, é possível que seja realizada”, acrescentou.

Quem deve se vacinar?

As crianças são vacinadas aos 12 e aos 15 meses de vida e ficam livres, já que duas doses são suficientes. Os adultos com até 29 anos precisam de duas doses. Entre 29 e 49 anos, apenas uma dose da vacina é necessária, conforme explicou Lucchesi.

“Só é vacinado se não tiver comprovação. A vacinação é feita de forma criteriosa, de acordo com análise do cartão vacinal”, concluiu.

Sintomas da doença

Os sintomas iniciais apresentados pelos pacientes são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

O caso em Natal

O paciente diagnosticado é do sexo masculino e tem 54 anos. Com histórico de viagem recente para o município de São Paulo – no período de 07 a 11 de julho – o paciente foi avaliado pelo médico infectologista e o material necessário foi coletado e encaminhado para análise, com a confirmação vindo dias depois.

RECOMENDAMOS

DESISTIU

Bolsonaro não vai mais indicar filho para Embaixada

CONFUSÃO INTERNA

'Guerra das listas' do PSL tem nomes repetidos

SALDO POSITIVO

RN cria 13.344 mil vagas de empregos em setembro

CRISE NO PSL

Delegado Waldir derrota Eduardo e continua líder do PSL

QUE LUTA!

Leonardo comemora 23 anos de casados com a esposa

CAGED

País criou mais de 157 mil empregos formais em setembro

É TRETA

Bolsonaro decide retirar Joice da liderança do governo

GESTÃO DO PETRÓLEO

Fiern convida ministro de Minas para Seminário

comentários