Interior

ALERTA DESDE CEDO

Semana teve diálogos em Parnamirim sobre violência sexual infanto-juvenil

Fechando as atividades no ano, o trabalho preventivo será realizado no dia 05 de dezembro

Por Redação

9 de novembro de 2018 | 16:51

Foto: ASCOM/Divulgação

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura – SEMEC já está quase encerrando, neste ano, o seu cronograma de trabalhos voltados à prevenção e combate ao abuso e exploração sexual infantil, executado com apoio do seu núcleo psicossocial.

Nesta semana, o alvo das ações foi a Escola Municipal Cícero de Souza Melo, em Santa Tereza. Fechando as atividades no ano, o trabalho preventivo será realizado no dia 05 de dezembro, na Escola Municipal Professora Ivanira de Vasconcelos Paizinho, na Cohabinal.

“Apesar da violência sexual contra crianças e adolescentes ser um tema muito delicado, não podemos nos esquivar de conduzi-lo de forma clara, sem causar medo, usando uma comunicação apropriada que favoreça o cuidado, o alerta e a prevenção ao problema, com apoio e debate junto às famílias e à sociedade”, disse a Secretária da SEMEC, Ana Lúcia Maciel.

“Esse projeto tem tido uma relevância muito grande em nossas escolas. O envolvimento das crianças e o interesse dos profissionais envolvidos é contagiante. Com esse trabalho, percorremos os bairros de Nova Parnamirim, Emaús, Nova Esperança, Vale do Sol e Rosa dos Ventos, sendo recebidos de braços abertos”, disse Elisângela Fonseca, Coordenadora do Núcleo Psicossocial da SEMEC.

A primeira ação, das sete previstas no cronograma, aconteceu em 6 de junho, em alusão ao dia 18 de maio, Dia de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Durante o projeto, as crianças assistem ao filme “Pipo e Fifi”, direcionado para alunos do 1° ao 3° anos e  “O Segredo”, para alunos dos 4° e 5° anos. Ambos promovem a ideia de que ninguém pode tocar o corpo da criança e nem machucá-lo dizendo que isso é carinho em segredo. “O aluno aprende que tem partes de seu corpo que são íntimas e que criança não namora, que namorar não é brincadeira”, concluiu a Coordenadora do Núcleo Psicossocial da SEMEC, Elisângela Fonseca

RECOMENDAMOS

Chuvas no RN

Operação conjunta socorre população

LOTERIA

Mega-Sena acumula; próximo sorteio será de R$90 milhões

TORÓ

Ponte desaba, carro é arrastado e cidade fica 'isolada'

OBRA DE R$4,1 MILHÕES

Sabe como está reforma do Forte dos Reis Magos? Parada

ROLÉ DIFERENCIADO

Bolsonaro 'escapa' de hotel para dar voltinha de moto

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Veja essas dicas e coma chocolate sem culpa na Páscoa

OPERAÇÃO PELA VIDA

PMs impedem suicídio na Ponte

AUTOMÓVEL

Carros brasileiros ficam mais seguros e mais caros

comentários