Geral

REIVINDICAÇÕES

Servidores do Detran e agentes penitenciários paralisam atividades nesta terça-feira

Agentes vão realizar a "Operação Padrão"

Por Redação

23 de julho de 2019 | 06:51

Foto: Reprodução/Sindasp-RN

A terça-feira (23) será de protesto para pelo menos duas categorias de servidores públicos do Rio Grande do Norte. Os agentes penitenciários iniciam a “Operação Padrão”. Os funcionários do Detran paralisam as atividades hoje e nesta quarta-feira (24).

De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado do Rio Grande do Norte (Sindasp-RN), com a “Operação Padrão”, apenas os serviços essenciais serão executados, como fornecimento de alimentação dos presos, cumprimento de alvará de soltura, atendimento médico e emergencial.

Os agentes cobram o pagamento dos salários e diárias em atraso. “Tivemos uma rodada de negociações com o Gabinete Civil e chegamos a acordar o cumprimento de alguns pontos. No entanto, o Governo do Estado não seguiu com o que tinha se comprometido e, por isso, conforme deliberado pela categoria em Assembleia Geral, daremos início ao procedimento de operação padrão”, explicou Vilma Batista, presidente do Sindasp.

Vilma Batista lembrou que também houve a promessa de início das discussões da pauta de reivindicações dos Agentes Penitenciários no Comitê de Negociação Coletiva do Governo, o que ainda não aconteceu.

“Pra finalizar, a categoria está sem receber as diárias operacionais e, por isso, também decidiu suspender esse tipo de serviço até que seja regularizado”. Durante a operação padrão, as visitas nas unidades prisionais também estarão suspensas.

Detran

Os servidores do Detran vão paralisar as atividades nesta terça-feira e quarta-feira. O ato é pela revogação do decreto 29007, que retira a autonomia financeira das autarquias.

Além disso, a categoria pede o pagamento dos salários em atraso dos aposentados e pensionistas, reposição salarial, realização de concurso público.

A paralisação afeta todos os serviço do órgão no RN.

Polícia Civil

Os policiais civis também vão realizar uma paralisação. O protesto está marcado para esta quarta-feira (24). A categoria, ao invés de ir para as delegacias, irá se concentrar em frente à Governadoria, no Centro Administrativo.

De acordo com o presidente do SINPOL-RN, Nilton Arruda, os Policiais Civis cobram diálogo com Governo do Estado e andamento da pauta de reivindicações. “Nós temos uma pauta e já protocolamos três ofícios solicitando reunião com a governadora Fátima Bezerra e, até agora, não tivemos resposta”, explica.

RECOMENDAMOS

OPERAÇÃO

PF aprende 1,2 ton de droga a caminho do porto de Natal

INCENTIVO

Agricultura Familiar do RN ganhará linha de crédito

CAPACITAÇÃO

Casa do Menor Trabalhador forma 700 alunos em Natal

MUDANÇAS

Bolsa Família será reformulado com valores maiores

CONGRESSO TUCANO

PSDB diz que terá candidato a Presidência em 2022

EMBOSCADA

Atentado na BR-262 mata índios Guajajara no MaranhãoA

VOLTOU ATRÁS

Governo recua de excluir 17 profissões do MEI

TALENTO UNIVERSITÁIRO

Prêmio Capes distribuirá R$ 5 mil para mil colocados

comentários