Geral

Servidores não irão negociar Reforma da Previdência do Governo Fátima, diz sindicato

5 de dezembro de 2019 | 18:01

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Rio Grande do Norte (Sinsp/RN), Janeayre Souto, declarou nesta quinta-feira (5) que o sindicato não vai negociar a proposta da Reforma da Previdência Estadual apresentada pelo Governo Fátima. Os servidores irão se reunir com a governadora no próximo dia 13 para tratar do assunto, mas a representante do sindicato já avisou que não haverá acordo.

Segundo Janeayre, a proposta apresentada pela governadora Fátima Bezerra (PT) é “perversa” e “vem com o intuito de confiscar o contracheque dos servidores do Estado”.

Ela ainda ressaltou que a atual gestão, mesmo diante da situação de calamidade financeira, decretada em 2 de janeiro, não está sabendo administrar os custos do Estado devido aos gastos com trabalhadores terceirizados.

“O trabalhador terceirizado é quase três vezes o custo de um trabalhador do Estado. A contribuição do servidor estadual vai para o Instituto de Previdência (do Estado), já a previdência do trabalhador terceirizado vai para o regime geral da previdência e não para a previdência estadual”, disse.

Por isso, segundo a sindicalista seria mais viável realizar concursos públicos para renovação do quadro dos servidores, isto porque ela diz que o Estado paga ao regime geral de previdência quase R$ 5 milhões de reais.

“Se o governo somar cargos comissionados, trabalhadores terceirizados, estagiários e professores temporários o Rio Grande do Norte economizaria muito na questão previdenciária”, concluiu.

RECOMENDAMOS

What You Need to Do About Research Paper Writing Service

The Untold Story on Assignment Help Academic You Really Need to Read or Be Left Out

The History of Assignment Helper Assignment Refuted

Nurse Suggestions to Look after Individuals

Essay Writer Service - The Best Way to Find the Cheapest

Essay Writer Assistance - How to Find the Cheapest

PORTAL NOAR encerra atividades

Ano começa com chuva em todas as regiões do RN

comentários