Geral

FAKE NEWS

Sesap desmente que há surto de influenza no RN

Em nota, secretaria diz que número de casos estão dentro do esperado

Por Redação

2 de maio de 2019 | 16:38

Fachada da Secretaria Estadual de Saúde Pública do RN

Não existe surto de influenza no Rio Grande do Norte atualmente, segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), conforme tem se alastrado pelas redes sociais da internet. Em nota, a pasta diz que o número de casos registrados está dentro do esperado, de acordo com a sazonalidade da influenza e apresenta orientações para que as pessoas se previnam contra vírus de doenças respiratórias, confira:

Nota de Esclarecimento

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esclarece ser falsa a informação, que vem circulando nas redes sociais, sobre a ocorrência de um surto de influenza no RN. Desde o início de 2019 até 02 de maio, às 11h, foram confirmados 42 casos de influenza, dos quais 34 foram de H1N1, um de influenza A não subtipado, três de Influenza A Sazonal H3, três de Influenza A e um de Influenza B. Esses números não representam surto da doença, estando dentro do esperado, de acordo com a sazonalidade da influenza.

A Sesap reforça que para redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias, especialmente as de grande infectividade, como vírus Influenza, é importante que além da vacinação, sejam adotadas medidas gerais de prevenção, tais como:

· Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento

· Utilizar lenço descartável para higiene nasal

· Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir

· Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca

· Higienizar as mãos após tossir ou espirrar

· Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

· Manter os ambientes bem ventilados

· Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza.

· Evitar sair de casa em período de transmissão da doença

· Orientar o afastamento temporário (trabalho, escola etc.) até 24 horas após cessar a febre

Indivíduos que apresentem sintomas de gripe devem:

· Evitar sair de casa em período de transmissão da doença (até 7 dias após o início dos sintomas)

RECOMENDAMOS

ENSINO SUPERIOR

MEC abre consulta para vagas no Sisu nesta quinta-feira

DIGITAL

A partir de julho, serviços do INSS serão pela internet

OPERAÇÃO FORRÓ

MPF denuncia delegado por se envolver com quadrilha

RECLAMAÇÃO

General Girão relata a ministro 'hostilização' na UFRN

CONFIANÇA EM QUEDA

Consumidores acreditam em inflação de 5,4% em 12 meses

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Senai apresenta portfólio de cursos e consultorias

COMEÇANDO OS TRABALHOS

Seleção brasileira inicia preparação para Copa América

TREINAMENTO

Comitiva visita Universidade de Ciências Aplicadas

comentários