Geral

Receptação

Sócio em posto de combustíveis é preso por receptação de mercadoria

Foram apreendidos cerca de 610 aparelhos micro-ondas e uma quantia de R$ 250 mil em cheques de diversos bancos. Acusado é reincidente no crime.

Por Geraldo Miranda

28 de julho de 2017 | 12:32

Uma operação da Polícia Civil nesta quinta-feira (27) apreendeu 610 aparelhos micro-ondas e uma quantia de R$ 250 mil em cheques de diversos bancos. A ação da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) e da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) resultou na prisão de um dos sócios do posto “30 de Setembro”.

Alcivan Mendes de Moura, de 51 anos, foi preso pelo crime de receptação de mercadoria roubada. E o acusado é reincidente no tipo de crime. As investigações tiveram inicio após o desaparecimento de um caminhão e semi-reboque com uma carga de produtos da marca Even.

Os policiais da Deprov iniciaram diligências e encontraram o referido veículo e o semi-reboque em um posto de gasolina na cidade de São Gonçalo do Amarante. A equipe solicitou apoio da Deicor para realizar vigiar o local e identificar o motorista. Após averiguações foi constatado que o caminhão estava vazio e novas diligências foram realizadas nos galpões da região para encontrar a carga desaparecida.

E durante as investigações os policiais se depararam com um caminhão em alta velocidade, o que levantou suspeita da equipe. Eles seguiram o veículo até um terreno murado, onde o acusado estava no local aguardando para retirar a carga. Ao perceber a presença da polícia, Alcivan Mendes se escondeu atrás de um carro, mas foi encontrado e questionado sobre o caminhão.

Ele informou que estava com uma carga de micro-ondas no valor de R$ 300 mil e que o motorista havia lhe oferecido a carga pelo valor de R$ 150 mil. Ele também informou que estava com uma encomenda de carga roubada de um motorista conhecido por Pedro.

Foram apreendidos na ação 610 aparelhos micro-ondas da marca LG – 71, além de Certificados de Registro de Veículos (CRVs), de um caminhão trator, um  semi-reboque, além de dois bloqueadores de sinal de radiofrequência, um carro Chevrolet Spin de cor preta, dois celulares da marca LG, dois celulares da marca ipro, um caderno com anotações de pagamentos a possíveis funcionários de Alcivan Mendes e uma quantia em cheques de diversos bancos no valor de R$ 250.857,70.

As investigações seguem para encontrar a carga de produtos Even e os envolvidos com o seu desaparecimento.

HISTÓRICO

Uma investigação da DEPROV resultou no indiciamento, no dia 27 de junho deste ano, de um grupo criminoso envolvido no furto e revenda de cargas de leite integral longa vida. As investigações descobriram que caixas de leite eram furtadas durante o transporte e estavam sendo vendidas em uma empresa de Atacado, na cidade de São Gonçalo do Amarante. Um dos indiciados nessa ação foi Alcivan Mendes de Moura que já havia sido preso anteriormente por sonegação fiscal.

OP Polícia Civil (1) OP Polícia Civil (4) OP Polícia Civil (3)

RECOMENDAMOS

CRÍTICAS

Bolsonaro volta a defender fim dos radares

FIERN

Atividade da construção potiguar segue em dificuldades

LEVANTAMENTO DA FOLIA

Fecomércio divulga resultados do Carnaval em Parnamirim

SONDAGEM FIERN

Atividade industrial potiguar cai pelo 5° mês seguido

Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil

Morre menina queimada em vazamento de duto

SERIDÓ SEGURO

RN: Polícia prende 5 envolvidos com tráfico e mortes

COMENTÁRIOS NEGATIVOS

Paula Fernandes rebate críticas de Juntos e Shallow Now

ESPETÁCULO

Mossoró inicia montagem do cenário do "Chuva de Balas"

comentários