Cotidiano

NÃO É TERRA SEM LEI

Tirar print de conversas no WhatsApp e compartilhar é crime

Ato pode acarretar em multa ou ainda em prisão

Por Redação

12 de agosto de 2019 | 17:06

FOTO: Gil Ferreira/Agência CNJ

Você costuma tirar print de conversas privadas ou em grupos e compartilhar as imagens com outras pessoas de fora daquele ambiente virtual? Saiba que essa prática é considerada criminosa e pode acarretar em pena de um a seis meses de detenção ou ainda em multa.

“Divulgar alguém, sem justa causa, conteúdo de documento particular ou de correspondência confidencial, de que é destinatário ou detentor, e cuja divulgação possa produzir dano a outrem: Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa”, destaca o Artigo 153 do Código Penal Brasileiro.

E não são raros os casos de condenação por esse motivo. Em 2018, um diretor do Coritiba, time de futebol do Paraná, foi condenado a pagar R$ 5 mil, para cada membro de um grupo de WhatsApp, após vazar as conversas privadas.

“O fundamento é sempre o mesmo: aquelas mensagens eram direcionadas para quem estava no grupo. Ao vazar esse conteúdo, gerando danos, o responsável pode responder por danos materiais e morais”, disse Carlos Affonso, diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS), em entrevista ao UOL.

Caso você identifique que teve conversas vazadas, o ideal é procurar a polícia e fazer um boletim de ocorrência. Em seguida, o recomendado é procurar ajuda de um advogado.

RECOMENDAMOS

COOPERAÇÃO

UFRN e São Gonçalo do Amarante discutem parcerias

DELÍCIA!

Turistas aprovam Festival Gastronômico Sabores da Pipa

MUDANÇAS NAS REGRAS

Saque complementar do FGTS será liberado no dia 20

ENCONTRO EM BRASÍLIA

Fiern participa de encontro do presidente da CNI

MATA-MATA

ABC e América conhecem adversários na Copa do Brasil

PARA ENTENDER

Caixa explica regras para saque imediato do FGTS

EM ALERTA

Governo reconhece emergência pela seca em 133 cidades

SEM ADULTERAÇÃO

Aplicativo mostra postos com combustíveis de qualidade

comentários