Geral

MEIO AMBIENTE

Torneio potiguar de rinhas de galo tinha motos na premiação e cobrava ingresso na arena

Polícia descobriu ginásio e acabou campeonato de maus tratos aos animais

Por Ayrton Freire

20 de julho de 2019 | 09:37

Foto: Divulgação/PM

A Companhia Independente de Proteção Ambiental , a Cipam, da Polícia Militar, descobriu nessa sexta-feira, 19, um ginásio montado para rinhas de galo. O local onde o crime de maus tratos contra os animais acontecia tinha até nome: Breno Arena Trairi, em Tangará, no interior potiguar.

No boletim da ocorrência, os policiais descreveram a estrutura como sendo um “ginásio profissional”. Tinha “telhados metálicos e vários compartimento para a guarda dos animais, em estrutura de apartamento” – eram 40 com capacidade para oito galos, cada. Eram três arenas montadas e, cada uma delas, “possuía até arquibancada”.

Evento

Os PMs chegaram ao ginásio quando nele estavam, aproximadamente, 80 pessoas. Elas tinham fitas para acesso ao local. A entrada teria custado R$ 20. “No local, foi percebido o banner da premiação. Para o 1º lugar, uma moto 125 cilindradas; para o 2º, uma 50 cilindradas; e para 3º, R$ 2 mil reais.

Veja vídeo:

 

RECOMENDAMOS

CONTRA TOMBAMENTO

Conselho de Turismo quer demolição do Hotel Reis Magos

NOVAS OPÇÕES

RN terá novos voos para o Rio a partir de novembro

PROJETO PILOTO

Mossoró: Petrobras vai investir na primeira infância

'AJUDE O MUNDO'

Madonna manda recado para Bolsonaro pela Amazônia

RECONHECIMENTO

Dois A Engenharia é premiada por obra em parque eólico

PLANEJAMENTO

Antecipar orçamento de reforma pode garantir preços mai

CORTE NAS DESPESAS

Coworking é alternativa para economizar com empresa

ESPETÁCULO

Parnamirim: Mostra de dança Aprec'arte segue até sexta

comentários