AVIAÇÃO / POLÍTICA 19/06/2019 09:22

Bolsonaro justifica veto e afirma que medida atrairá empresas low-cost

Por Paulo Lopes

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (18) que a cobrança por bagagem despachada vai estimular a vinda de empresas low-cost para o Brasil, garantindo um maior concorrência. “Para as low-cost vai valer, é o que elas queriam para vir pra cá ajudar na concorrência, que fosse justamente vetado esse dispositivo”, disse após o participar de cerimônia de hasteamento da bandeira, no Palácio do Planalto.

Bolsonaro justificou o veto, anunciado nesta segunda-feira (17), ao trecho da medida provisória que isentava a cobrança de bagagem de até 23 quilos nos voos domésticos, a partir de 31 assentos, explicando que a medida prejudicaria as empresas aéreas pequenas. A abertura das companhias aéreas ao capital estrangeiro, no entanto, foi devidamente aprovada.

Jair Bolsonaro falou sobre o veto anunciado nessa segunda-feira (17) (Antonio Cruz/Agência Brasil)

“As empresas menores alegavam que seria um empecilho. Fiz uma conta pra um avião com 200 pessoas, 20 quilos a mais para cada um. É um gasto a mais. Sempre viajei sem mala no avião, então, eu estava pagando pelos outros”, disse após participar de cerimônia de hasteamento da bandeira, no Palácio do Planalto. Com o veto, ficam isentas apenas as bagagens de mão até 10 quilos.

A isenção da cobrança havia sido incluída por emenda parlamentar na Medida Provisória (MP) 863 que foi apresentada no governo de Michel Temer e autoriza até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas. A MP foi aprovada pelo Congresso Nacional em maio.

M&E/Agência Brasil

Paulo Roberto Lopes

Biografia Paulo Roberto Lopes, iniciou em 1977 na Universidade Católica de Petrópolis-UCP/RJ, suas atividades acadêmicas no setor do Turismo, passando pelos os estados do Paraná, Santa Catarina e Rondônia onde foi Diretor de Turismo do estado, aportou em Natal/RN para participar do Congresso Nacional da ABAV/1987, no Rio Grande do Norte, foi secretário de Turismo de Touros e de Maxaranguape, coordenou o Turismo nos municípios de Natal, Extremoz e Parnamirim, exerceu funções na Comissão de Turismo Integrado do Nordeste - CTI/NE, participou da criação do Natal Convention & Visitors Bureau é Diretor de Programas e Projetos do Instituto de Gestão e Formação em Turismo do Rio Grande do Norte/IGETUR.

Descrição Turismo no Ar é uma ferramenta de divulgação, serviços, promoção e compartilhamento que traz temas atuais,tendências,novidades e assuntos do Turismo local,regional e nacional, contribuindo com o desenvolvimento econômico e social do Destino Turístico no Nordeste.

(84) 999 817 199

todos os blogs