Interior

REBANHO POTIGUAR

Vacinação contra brucelose é estendida até o fim do mês

Fêmeas bovinas de três a oito meses devem ser vacinadas

Por Redação

16 de setembro de 2019 | 16:37

FOTO: WELLINGTON ROCHA/ARQUIVO/PORTALNOAR

O Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária (Idiarn) estendeu a campanha de divulgação da vacinação contra a Brucelose até o dia 30 de setembro.

Em nota, o órgão recomendou que “os produtores que ainda não vacinaram os rebanhos devem se encaminhar às lojas credenciadas pelo Idiarn, adquirir a vacina e juntamente com um médico veterinário, efetuar a vacinação das fêmeas bovinas de três a oito meses.”

Ainda de acordo com o texto do Idiarn, “após o dia 30, o produtor que não tiver vacinado e declarado seus animais, terá o trânsito bloqueado, impedindo o transporte de animais não vacinados pelo Estado”, concluiu.

Inicialmente, o prazo limite para a vacinação era esta segunda-feira (16). “A Brucelose é uma doença infectocontagiosa provocada por bactérias do gênero Brucella, que afeta bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos, suínos, entre outras espécies. A doença causa problemas reprodutivos e por se tratar de zoonose pode afetar até o homem”, explica o diretor de Inspeção e Sanidade Animal do Idiarn, Renato Dias.

RECOMENDAMOS

SEGURANÇA DAS ESTRUTURAS

CBM já vistoriou mais de 4 mil estruturas em 2019

ENCANTO

Justiça condena ex-prefeito, tesoureira e empresa

PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA

13º Consagra-te reunirá fiéis neste fim de semana

TRAGÉDIA

Sobe para 4 o número de mortos em desabamento

ÚLTIMA CHAMADA

Inscrições para Corrida Noturna do Sesi vão até amanhã

SONDAGEM

Juros altos são maior obstáculo na obtenção de crédito

ATRITOS NO PARTIDO

Bolsonaro é gravado articulando troca de líder do PSL

TRABALHO

Empresas poderão contratar mão de obra de presos no RN

comentários