Política

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

‘Vai ter reação, eles vão tirar’, diz Bolsonaro sobre capitalização

Presidente falou com jornalistas na manhã desta sexta

Por João Caminoto; colaboraram Adriana Fernandes e Vera Rosa

5 de abril de 2019 | 11:59

O presidente da República, Jair Bolsonaro, admitiu nesta sexta-feira, 5, em café da manhã com diretores de redação de jornais que a proposta de capitalização na reforma da Previdência poderá não ser aprovada pelo Congresso Nacional. “Vai ter reação. Eles [parlamentares] vão tirar”, disse Bolsonaro.

O presidente sugeriu deixar a introdução do modelo de capitalização, que prevê a adoção de contas individuais para os novos entrantes no mercado de trabalho, para um “segundo turno”.

É a sinalização de que a discussão da proposta, uma das mais polêmicas, poderá ficar para um segundo momento depois de aprovada a reforma da Previdência. “Minha sugestão é deixar menos complicado”, afirmou.

O presidente manifestou confiança na aprovação da reforma. “Ela passa”, disse. Mas reiterou mais uma vez que “reforma boa é a que passa”. “O teto (idade) e o tempo de serviço são o mais importantes”, disse o presidente, que tem feito uma série de conversas, nas ultimas semanas, com a imprensa.

BPC e rural

Além da capitalização, o presidente reconheceu as dificuldades para aprovar as mudanças no benefício de assistência social para idosos pobres (BPC) e nas regras da aposentadoria rural. Mas ao responder pergunta sobre a possibilidade de desidratação da reforma, o presidente afirmou: “Tem que perguntar para o Rodrigo Maia.”

‘Forçar a barra’

Após realizar reuniões com várias lideranças dos partidos na quinta-feira, 4, o presidente voltou a afirmar que não há “cargos” na negociação da reforma.

E deu um recado: “Não temos intenção de forçar a barra (com Congresso), com exceção da Previdência.”

RECOMENDAMOS

MANIFESTAÇÃO

Policiais e bombeiros realizarão protesto nesta terça

PREOCUPAÇÃO

Chuva deixa outra ponte no interior sob risco de cair

ACIDENTE ANIMAL

Motoboy atropela jumento e os dois ficam feridos

TRAGÉDIA

Incêndio na Notre-Dame completa uma semana

NOVA GESTÃO

Humorista vence eleição presidencial na Ucrânia

TERROR

Número de mortos em ataques no Sri Lanka sobe para 290

FIM DE FESTA

PM acaba com festa de facção na zona Oeste de Natal

PREVISÃO DO TEMPO

RN deve ter mais chuva nos próximos dias

comentários