Esportes

CLASSIFICAÇÃO ADIADA

VAR anula dois, Brasil empata com Venezuela e é vaiado

Seleção brasileira ainda lidera o grupo A da Copa América

Por Ciro Campos

19 de junho de 2019 | 06:07

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A retranca da Venezuela e dois gols anulados com o auxílio do árbitro de vídeo impediram a torcida baiana de comemorar uma vitória do Brasil na noite desta terça-feira. Na Arena Fonte Nova, em Salvador, a equipe do técnico Tite não conseguiu superar a defesa adversária, teve lances invalidados por impedimento e saiu de campo com o decepcionante resultado de 0 a 0 pela segunda rodada do Grupo A da Copa América.

O 25º encontro da história entre Brasil e Venezuela foi o confronto entre um favorito, dono da casa e com imensas dificuldades para criar, e um azarão, com tática organizada e muito consciente da proposta de se defender. Os venezuelanos tiveram uma proposta clara de jogo de empatar em 0 a 0. Missão cumprida com êxito e sem precisar dar pancadas nos adversários.

O empate adiou a oportunidade do Brasil de garantir a classificação antecipada às quartas de final. Será preciso agora superar o Peru, no sábado, na Arena Corinthians, em São Paulo. A seleção soma agora quatro pontos e segue na liderança. Os peruanos têm a mesma pontuação, mas aparecem na segunda posição por terem menor saldo de gols.

O JOGO

Com bastante apoio da torcida, o Brasil foi para cima desde o início e encontrou o obstáculo previsto: a forte marcação da Venezuela. Uma linha de quatro defensores e outra de cinco meio-campistas formavam uma barreira difícil. O quarteto ofensivo formado por Firmino, Coutinho, David Neres e Richarlison invertia posições e se movimentava bastante para abrir espaços.

Com essa tática, assim como as investidas pela direita com Daniel Alves, o Brasil conseguiu chegar duas vezes com perigo antes dos 20 minutos, com finalizações de Neres e Richarlison. Faltou ter mais capricho para abrir o placar. A Venezuela ainda assustou em investidas pelo alto com Rondón e depois disso, conseguiu deixar a partida mais travada, principalmente pela tendência brasileira de jogar mais pelo meio e menos pelas pontas.

O técnico Tite se incomodou com a dificuldade e, no fim do primeiro tempo, resolveu inverter os pontas. Neres foi para a direita no lugar de Richarlison e por ali o Brasil conseguiu a chegar um gol com Firmino, em lance anulado por falta no defensor. A impaciência do treinador com a dificuldade em criar fez o Brasil ter uma mudança ainda no intervalo, com Gabriel Jesus no lugar de Richarlison.

A alteração não surtiu o efeito esperado. O Brasil insistia tanto pelo meio que os jogadores ocupavam o mesmo espaço e chegavam a se atrapalhar na mesma jogada por trombarem com algum companheiro. Em vez de procurar abrir o jogo, buscar as pontas, a equipe continuava concentrada pelo meio e envolvida na marcação. Para piorar a angústia, Gabriel Jesus teve um gol anulado com a ajuda do árbitro de vídeo, por impedimento de Firmino no lance.

Impaciente, a torcida começou a gritar por Cebolinha e logo foi atendida. Tite chamou o atacante do Grêmio e fez mais uma das muitas tentativas para abrir o time. O jogador criou a jogada do segundo gol anulado por impedimento, em decisão que revoltou a torcida. Nos minutos finais, o Brasil mostrou descontrole e irritação por não conseguir marcar. Pouco adiantou. Ficará a lição da necessidade de evoluir o ataque.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL 0 x 0 VENEZUELA

BRASIL – Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro (Fernandinho), Arthur e Philippe Coutinho; David Neres (Everton), Richarlison (Gabriel Jesus) e Roberto Firmino. Técnico: Tite.

VENEZUELA – Fariñez; Hernandez, Osorio, Villanueva e Rosales; Moreno, Rincón, Herrera (Soteldo), Machis (Figuera) e Murillo; Rondón (Martínez). Técnico: Rafael Dudamel.

ÁRBITRO – Julio Bascuñán (Chile).

CARTÕES AMARELOS – Murillo, Casemiro, Figuera.

RENDA – R$ 8.734.580,00.

PÚBLICO – 38.622 pagantes.

LOCAL – Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

RECOMENDAMOS

MÚSICA

'Hoje tem Samba no Beco' recebe Andiara Freitas

DESAFIO

Campeonato gamer reúne 150 competidores

AGENDA

Curso de segurança pública e mediação policial em Natal

MEIO AMBIENTE

Torneio de rinhas de galo tinha até motos na premiação

POLÍCIA

Homens em carro roubado morrem após perseguição da PM

TRANSPORTE DE CARGAS

ANTT publica novas regras para cálculo do frete mínimo

DESATIVADDA

Saiu a sentença de recuperação judicial da Multidia

DIÁLOGO

AGN-RN e IMD discutem parceria para startups potiguares

comentários